de volta ao topo
Sexta-feira, 24 de maio de 2024
casaSaúdeA revolução da neurotecnologia: dentro e fora de nossas mentes

A revolução da neurotecnologia: dentro e fora de nossas mentes

Η A interface cérebro-computador (BCI) abre possibilidades emocionantes, revolucionando a medicina e a vida cotidiana. Desde restaurar a mobilidade de pacientes paralisados ​​até controlar dispositivos com o pensamento, a BCI promete um futuro cheio de inovação.

Aplicações Médicas: Reabilitação e Melhoria

Empresas como a Synchron estão liderando o desenvolvimento de dispositivos BCI implantáveis ​​que restauram a mobilidade de pessoas com deficiências neurológicas. Esses dispositivos interpretam sinais nervosos, permitindo que os pacientes controlem membros robóticos ou até mesmo digitem com o pensamento.

Ao mesmo tempo, a BCI está a ser explorada para tratar outras condições, tais como epilepsia, distonia crónica e depressão. Registrar e analisar a atividade cerebral pode ajudar a prevenir convulsões, regular o humor e melhorar a qualidade de vida.

Uso diário: fones de ouvido inteligentes e dispositivos neurocontrolados

A BCI não se limita apenas à medicina. As empresas de tecnologia estão desenvolvendo fones de ouvido inteligentes e outros dispositivos que podem registrar sinais cerebrais. Isso abre caminho para controle de dispositivos, entretenimento personalizado e até aprimoramento cognitivo.

No entanto, o rápido progresso da BCI levanta sérios dilemas éticos.

Privacidade e segurança de dados: A proteção é crítica

A coleta e análise de dados neurais levanta preocupações sobre privacidade e . Ser capaz de acessar pensamentos, sentimentos e memórias pessoais traz o risco de exploração e abuso.

O relatório da Neurorights Foundation revela a facilidade alarmante com que as empresas BCI partilham dados neurais, sublinhando a necessidade de salvaguardas rigorosas.

Legislação: Protegendo Dados Neurais

Em resposta a essas preocupações, o Colorado aprovou o HB 24-1058, um projeto de lei inovador que oferece proteções rigorosas aos dados neurais. A lei define dados neurais como protegidos, como , e requer consentimento expresso para sua coleta.

Projetos de lei semelhantes estão sendo considerados em outros estados dos EUA, enquanto países como Chile e Brasil já tomaram medidas para proteger os dados neurais.

Marizas Dimitris
Marizas Dimitrishttps://www.techwar.gr
Fã dedicado dos celulares Samsung, Dimitris desenvolveu um relacionamento especial com os produtos da empresa, valorizando o design, o desempenho e a inovação que eles oferecem. Escrever e ler notícias de tecnologia de todo o mundo.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

digite seu comentário!
por favor digite seu nome aqui

Mais populares

Últimos artigos